Principal » Autor karen cunha

Para nunca esquecermos a nossa história

Entre os milhares de imigrantes italianos que vieram para o Brasil entre 1880 e 1930, muitos escolheram o Rio Grande do Sul para se tornar sua segunda casa. Foi o caso da família Panizzon, que encontrou na Serra Gaúcha o lugar perfeito para construir um legado que posteriormente seria transmitido de geração em geração.

20 de julho de 2022 Escrito por: karen cunha

Michele Amorim Empreendedorismo é coisa de mulher!

Incentivar o empreendedorismo feminino deveria ser uma tarefa de todos, já que  colabora para a construção de uma sociedade melhor, gerando oportunidades de liderança para as mulheres. Assumir o próprio negócio é uma forma de empoderamento e independência do público feminino.

18 de julho de 2022 Escrito por: karen cunha

Hora de Trabalhar: especialista aponta 5 dicas para se destacar nas seleções e conseguir a sonhada vaga

Fundatec promove, no dia 23 de junho, evento gratuito de orientação para quem deseja ingressar ou se reinserir no mercado de trabalho

20 de junho de 2022 Escrito por: karen cunha

Vagas abertas: 90 oportunidades de estágio são oferecidas em diversas áreas e níveis de escolaridade

A Fundatec Estágios está com 90 vagas abertas para estudantes no formato presencial e home office, que estejam cursando os níveis Superior, Técnico e Médio. A seleção acontece em Porto Alegre, em municípios da região metropolitana e do interior do Rio Grande do Sul, como Canela, Canoas, Gravataí, Ijuí e Santa Cruz do Sul. As bolsas auxílio variam entre R$750,00 e R$1.200,00 (com benefícios e possibilidade de efetivação) para cargas horárias de 4 ou 6 horas diárias.   

20 de junho de 2022 Escrito por: karen cunha

Junho violeta: 7 sinais para identificar maus tratos em idosos

Junho Violeta é a campanha que acompanha o sexto mês do ano, alertando para a conscientização da violência e maus tratos contra a pessoa idosa. Assunto que é urgente em todo o território nacional, que registra um alto índice deste tipo de crime. Mesmo antes da pandemia, o Disque 100 — serviço que atende denúncias e reclamações que envolvem a violação dos Direitos Humanos, já registrava mais de 140 mil denúncias de agressões a este público por ano (2017). Porém, durante a pandemia e diante da necessidade de isolamento social, esses números aumentaram assustadoramente. Entre março e junho de 2020, foram registradas 25.533 denúncias. No mesmo período de 2019, foram 16.039. Ou seja, houve um aumento de 59% de ocorrências.

20 de junho de 2022 Escrito por: karen cunha
Parceiros Empresas Gaúchas